terça-feira, 4 de agosto de 2015

Bolo de oregãos com iogurte e frutos do Verão # Oregano cake with yogurt and Summer fruits




Senti falta deste sítio. Tenho mil e uma coisas a acontecer mas ainda assim senti falta deste sítio.

Se me pedissem uma palavra que me defenisse neste momento, a palavra escolhida seria cansaço. Metade das férias que me cabem já gozadas e toda eu sou cansaço.
Mas há mais! Neste momento, sou também malabarista. Estou (quase) na fase final da reprodução e da fotografia das receitas para o livro (mostro-vos um pedacinho em breve), continuo a trabalhar para clientes e tento manter este blog e as redes sociais minimamente atualizados. E caso estejam a tentar imaginar como será, digo-vos que não vale a pena. É que nem mesmo eu sei muito bem, limito-me a avançar de tarefa em tarefa, a "desmaiar" no sofá a cada final de dia e no dia seguinte começo tudo de novo outra vez.
Assim vai o meu mês de Agosto... e eu sinto-me grata por isso :)

Mas hoje há mais alguém aqui no blog!

A Mariana Ciliberto é uma ceramista argentina que vive há anos na Holanda. Conheci-a há já algum tempo, por acaso, enquanto procurava no vasto universo cibernético por novas aquisições para o meu trabalho e  adorei as peças dela desde o primeiro minuto. Elas têm um toque rústico muito próprio, inacabado, quase rude e natural, como se fizessem parte de uma cozinha/casa orgãnica e viva. Foi amor à primeira vista e estou muito contente por finalmente ter um pedacinho do trabalho da Mariana no meu estúdio :) É que no fundo é muito disto que eu adoro no meu trabalho, ter a possibilidade de conhecer pessoas genuínas que me acrescentam e enriquecem. Não são coisas para acontecerem todos os dias, muito pelo contrário, são coisas raras e quando se dão isso deixa-me feliz.

E porque hoje também há aqui um bolo...

Um bolo... No meio de tudo o resto ainda um bolo!
Pois, é que vai-se a ver e o meu dente doce não quer saber da minha agenda para nada. Pouco lhe importa se "desmaio"de cansaço no sofá ou se ando aos saltos à força de red bulls - que só para que conste não é o caso - e dito isto, quando os níveis de açúcar precisam de ser calibrados, do caos nasce um bolo... que neste caso é de oregãos!

Eu e as ervas aromáticas temos um caso que dura há décadas. É uma daquelas coisas que não precisam ser explicadas. São assim e isso basta. Adoro tudo que elas guardam mas há algumas ervas cujo aroma vai mais além. Atravessa as fronteiras da cozinha e atira-se ao mundo, perfumando não só os pratos mas também os corpos de quem os come. Não é à toa que as antigas mulheres romanas usavam o manjericão como perfume. Se eu fosse uma delas usaria também os oregãos, mas secos, e o mais curioso é que as ervas que eu escolheria para perfume são aquelas que eu acabo por escolher para os doces. Como foi o caso deste bolo.
Este é um bolo macio, húmido e bem doce, com uma nota suave do perfume dos oregãos. Eu sei que 500 g de açúcar impõem um certo respeito mas é açúcar amarelo que é muito mais saudável e além do mais é também a quantidade generosa de açúcar que contribui para a textura húmida, já para não dizer deliciosa! ;) Depois vem a leve acidez do iogurte natural a contrastar com a doçura da massa e a frescura colorida dos alperces e da nectarina.
Tudo coisas boas numa fatia de  bolo , não acham?

Entretanto deixo-vos aqui algumas imagens da Costa Vicentina.

Vêmo-nos em breve :)


In English
I missed this place. I have a thousand things going on but still I missed this place.

If you asked me for a word to define me right now I would say tiredness. Half of my vacation already spent and still I´m all tiredness.
But there´s more! Right now I´m also a juggler. I´m (almost) at the final stage of cooking and photographing the recipes for the book (soon I will give you a sneek peak), I continue to work for clients and try my best to keep this blog and the social networks updated. And if by any chance you are trying to imagine how it is, don´t even bother. The truth is I don´t know either. I limit myself to move from task to task, to "pass out" on the couch at the end of each day and the next day I start all over again.
So goes my August... and I feel grateful for that :)

But today there´s someone else here on the blog!

Mariana Ciliberto is a ceramist from Argentine, who has lived in Holland for years. I met her some time ago, by chance, while looking in the vast cyber universe for new acquisitions for my work and loved her pieces from the first minute. They have a unique rustic feel, unfinished, almost rude and natural, as if they were part of an organic and alive kitchen/home. It was love at first sight and I´m very happy to finally have Mariana´s work in my studio :) That is much of what I love about my work. To be able to meet genuine people that add and enrich me. These are things that don´t happen everyday, quite the opposite, they are rare and when they happen I´m happy.

And because today there´s also a cake here...

A cake... in the midst of it all yet a cake.
Here´s the thing: My sweet tooth don´t give a #*z"#*z  for my agenda. It doesn´t matter if I "pass out" on the couch at the end of every day or if I jump all the time due to the force of red bulls - just for the record, that is not the case - and said that when sugar levels need to be calibrated, from the chaos comes a cake... which in this case is of oregano!

Me and herbs we have a case that lasts for decades. It´s one of those things that don´t need to be explained. They are like that and that is enough. I love everything they hold but there are some herbs whose scent goes further. Crosses the boundaries of the kitchen and throws itself into the world, perfuming not only the food but also the bodies of those who eat it. No wonder that the ancient roman woman used basil as a perfume. If I were one of them I would also use dried oregano, and the most curious thing is that the herbs that I would choose to perfume myself are the same I like to use in sweets. As was the case of this cake.

This is a soft, moist and very sweet cake, with light notes of the oregano scent. I know that 500 g of sugar impose a certain respect but is light brown sugar, which is much healthier and besides is the generous amount of sugar that contributes to make this cake so moist, not to say delicious! ;) Then there´s the mild acidity of the plain yogurt to contrast with the sweetness of the batter and the colorful freshness of the apricots and nectarine.
All good things in a slice of cake, don´t you think?

In the meantime I live you here a few photos I took of the Vicentine Coast, South of Portugal.

See you soon :)

















Ingredientes:
275 g de farinha
125 g de manteiga sem sal amolecida
500 g de açúcar amarelo
4 ovos
1/2 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal fino
50 ml de azeite
100 ml de leite meio gordo
1 colher de chá de baunilha
2 colheres de sopa de oregãos secos
2 iogurtes naturais
2 alperces
1 nectarina
Pistachios picados (opcional)


Preparação:
*Pré aqueça o forno a 150º, mínimo do fogão a gás.
*Unte uma forma de bolo com buraco abundantemente com manteiga.
*Peneire a farinha com o sal e o fermento para uma taça.
*Bata a manteiga com o açúcar e o azeite até ficar com um creme macio.
*Noutra taça mexa os ovos com o leite e a baunilha.
*Junte a mistura de farinha e a de leite à de açúcar e manteiga, alternadamente, em 3 partes, começando e acabando com a farinha.
*Junte por fim os oregãos e envolva na massa.
*Verta a massa na forma untada e leve ao forno por 15 minutos, depois aumente a temperatura para os 170º, marca 3 do fogão a gás e deixe cozer mais 40 a 45 minutos, até que um palito inserido no meio saia seco.
*Tire do forno, deixe arrefecer na forma por 10 minutos e desenforme.
*Cubra com iogurte natural batido, alperces, nectarinas e pistachios.






Ingredients:
275 g flour
125 g unsalted butter, soft
500 g light brown sugar
4 eggs
1/2 tsp baking powder
1/2 tsp table salt
50 ml olive oil
100 ml semi skimmed milk
1 tsp vanilla
2 tbsp dried oregano
2 plain yogurts
2 apricots
1 nectarine
Chopped pistachios

Preparation:
*Preheat the oven to 150º, 300f, minimum of the gas oven.
*Butter generously a round, with hole, cake tin.
*Sift the flour, salt and baking powder to a bowl.
*Beat the sugar with butter and olive oil until creamy and soft.
*Stir the eggs with the milk and vanilla.
*Add the flour mixture and the milk mixture to the butter cream alternately, in 3 parts, starting and ending with the flour.
*Finally fold the dried oregano into the batter.
*Pour the mixture into the prepared cake tin and bake for 15 minutes, after that rise the temperature to 170º, 325f, gas mark 3 and bake for another 40 to 45 minutes, until a skewer inserted in the middle comes out clean.
*Remove from the oven, let it cool for 10 minutes and then unmold.
*Let it cool completely and cover with yogurt, apricots and nectarine slices.
*Sprinkle with chopped pistachios.




Print Friendly and PDF

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Atum grelhado com alecrim, alho e limão # Grilled tuna with rosemary, garlic and lemon





Dias antes de voltarmos ao Sul, ainda no mês passado, reunimos a tribo cá em casa e durante algumas horas gravitamos juntos e alegremente à volta de uns belos atuns, grelhados na perfeição.

Entretanto aguardavam-nos outras paragens e esta postagem ficou em estado latente, à espera do regresso a casa e de um pouco de tempo extra, coisa que vai rareando por aqui.

Agora, voltar a ver estas imagens é  voltar ao churrasco daquela tarde e ao bom que foi cozinhar e partilhar um jantar com amigos. É lembrar o caos em que transformámos uma sessão fotográfica improvisada que sinceramente, a certa altura pensei ser improvável esta postagem vir a ver a luz do dia. A mão firme desta fotógrafa foi abalroada pela força do riso mais do que uma vez. Valeu-nos ao menos a verticalidade do tripé, coisa muito útil em momentos de contorcionismo.

Bem, no fim sobrevivemos todos, as imagens e as memórias também. Já dos atuns nada sobrou. Ficou apenas a vontade de nos voltarmos a reunir à volta de uma mesa outra vez, num futuro próximo e quem sabe, criar memórias tão boas quanto estas... com aroma de alecrim, alho e limão.



In English
Days before our return to the south, still in june,  we gathered our tribe here at home and for a few hours we happily gravitated around some beautiful tunas, grillled to perfection.

In the meantime,other places awaited for us and this post stood latent waiting for our return home and for a bit of extra time, something I have less and less each day.

Now, to see this photos again is to return to that afternoons barbecue and to the goodness of cooking and sharing a meal with friends. Is to remember the chaos into which we transformed an impromptu photo shoot that frankly, at one point I thought to be unlikely this post ever come to see the light of day. The steady hand of this photographer was rammed by the strength of  laughter more than once. Thank god for the verticality of the tripod, a very useful thing to have around in moments of contorcion.

Well, in the end we all survived, the photos and the memories too. As for the tunas nothing was left. All that remained was the will to gather all around a table again, in a near future and who knows, to be able to create memories as good as these ones... with the scent of rosemary, garlic and lemon.













Ingredientes:
1 atum (1 kg aprox.) arranjado
3 dentes de alho ralados
3 hastes de alecrim (só as folhas)
Sumo e raspa de 2 limões
3 colheres de sopa de azeite
Sal a gosto
Pimenta preta acabada de moer, a gosto

Preparação:
*Misture os alhos com o alecrim, sal, pimenta, azeite, sumo e raspa dos limões.
*Faça 2 ou 3 cortes leves em cada lado do peixe e espalhe a marinada pelo mesmo.
*Deixe assim 30 minutos.
*Grelhe o bonito em grelha ao ar livre cerca de 8 a 10 minutos de cada lado, o tempo certo depende da quantidade de carvão, força do fogo etc., mas não deixe grelhar demais para o atum não ficar seco.








Ingredients:
1 tuna (1 kg. aprox.)
3 garlic cloves, minced
3 sprigs of rosemary (just the leaves)
Juice and zest of 2 lemons
3 tbsp olive oil
Salt to taste
Black pepper to taste (freshly ground)

Preparation:
*In a bowl mix the garlic with the rosemary, salt, pepper, olive oil, juice and zest of the lemons.
*Make 2 ou 3 cuts on each side of the fish and spread the marinade all over it.
*Leave it for 30 minutes.
*Grill the bonito for 8 to 10 minutes each side, the exact time depends on the quantity of charcoal used, the strength of the fire, etc., but don´t let it cook too much or it will become dry.






Print Friendly and PDF

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Vem aí um livro! # There´s a cookbook on the way!




Se este fosse um dia comum, igual a tantos outros, eu estaria agora a falar-vos do que se vai passando por aqui, com a garantia de que num qualquer ponto do caminho, lá viria também uma receita. Mas hoje não é um dia comum. Hoje é O dia. Aquele em que finalmente vou partilhar convosco um projeto muito querido para mim.

Respirar fundo... Cá vai:

Vem aí o meu primeiro livro de receitas e fotografias! Um livro no qual já estou a trabalhar há algum tempo e que me tem enchido literalmente as medidas. Serão cerca de cem receitas saborosíssimas, pensadas para várias ocasiões. Umas simples, umas mais sofisticadas, umas saudáveis e outras um pouco mais indulgentes. Será também um livro muito visual, como não podia deixar de ser :) e acima de tudo uma inspiração. A maioria das receitas serão novas, com uma pequena seleção de algumas das melhores receitas do blog que estão a ser revistas e fotografadas de novo. Posso dizer-vos que criar um livro de receitas de ponta a ponta é uma tarefa titânica  mas mais do que isso, extraordinária.

Bom, e por agora é tudo. Há ainda muito livro pela frente. Muitas receitas, muitas fotos, muitas palavras mas fica aqui prometido que assim que houver mais  novidades, virei partilhá-las convosco ;)

Até breve!



In English
If this were an ordinary day, like many others, I would now be telling you about what´s going on around here, with the guarantee that at some point of the way, there would be also a recipe. But today´s no ordinary day. Today is THE day. The one in which I will finally share with you a very special project for me.

Deep breath... Here it goes:

My first cookbook is on the way! A book  I´ve been working on for quite some time now and that is literally filling my measures. There will be about one hundred super tasty recipes, thought for various occasions. Some simple, some a bit more sophisticated, some healthy and some a bit more indulgent. This will also be a very visual book, as you might expect :) and above all an inspiration. Most recipes are new, with a small selection of the blog´s best recipes, that are being reviewed and photographed again. I can tell you right now that creating a cookbook from scratch it´s a titanic task but more than that, it´s extraordinary.

Well, that´s it for now. There´s still a lot of book ahead of me. A lot of recipes. A lot of shooting. A lot of words, but I promisse you that as soon as I have more news I will share them here with you all ;)

See you guys soon!





Print Friendly and PDF
UA-16306440-1