terça-feira, 21 de outubro de 2008

Livros



Eu gosto verdadeiramente de livros de cozinha, principalmente dos que contam histórias e relacionam as receitas com experiências vividas.
Estes livros que aqui veêm, foram, uns oferecidos e outros comprados, durante este ano que está quase a acabar.
O" Culinária Grécia", foi-me oferecido pelo meu irmão e pela minha cunhada, no meu último aniversário e o "Fridas fiestas" foi-me oferecido pela minha mãe, também no meu aniversário. Os outros fui comprando aos poucos.
O "Food for friends" e o "Eat, drink, live", são ambos da Fran Warde e são livros, visualmente muito bonitos, com fotos fantásticas e receitas deliciosas, algumas das quais eu já postei aqui no Pratos.
O "In pursuit of flavor", é da autoria da Edna Lewis de quem eu já falei aqui e fala da procura do verdadeiro sabor dos alimentos a que a autora se habituou, ao crescer na comunidade rural de Freetown e que muita vezes já não se encontra hoje em dia, visto que vivemos numa era em que a maior parte dos alimentos são produzidos em massa, recorrendo a fertilizantes químicos e outras substâncias não naturais, que alteram o sabor original dos mesmos, já para não falar dos transgénicos. Edna Lewis dá dicas para contornar essa situação e fala dos produtores que ainda respeitam a natureza e dos mercados de agricultores, onde fazia as suas compras 2 a 3 vezes por semana.
O mais especial de todos estes livros, é para mim o "Fridas fiestas". É um livro que "namorei" durante muito tempo e quando finalmente tive oportunidade de o ler, não me decepcionou.
Frida Kahlo que apesar da história de vida dramática que teve, era uma mulher cheia de vida e entusiasmo, ( só nos últimos anos de vida esse entusiasmo esmoreceu, devido às dores provocadas pelo grave acidente que sofreu, e pela doença). Há muitos anos que admiro a mulher e a artista, por isso este livro era um dos que eu mais desejava. Nele contam-se histórias da vida de todos os dias de Frida, do entusiasmo com que comemorava datas importantes e festas nacionais e dos pratos que eram servidos na Casa azul, casa onde nasceu e veio anos mais tarde a falecer. No fundo é um livro de cozinha tradicional mexicana, da autoria de Guadalupe Rivera, filha do pintor mexicano Diego Rivera, casado por duas vezes com Frida e o grande amor da vida dela. Guadalupe viveu durante algum tempo com o casal na casa azul, o que lhe permitiu conhecer de perto a rotina de vida de Frida e o seu relacionamento com os pratos tradicionais mexicanos. Curiosamente foi a mãe de Guadalupe Rivera, Lupe marín, que ensinou Frida a cozinhar. Guadalupe ou Lupe Marín foi a 2ª mulher de Diego Rivera.
É um livro festivo e muito bonito, com fotos lindas de Frida, da casa azul e dos pratos tradicionais mexicanos. Só é pena não termos cá em Portugal, acesso a certos ingredientes usados na cozinha mexicana, como por exemplo as várias espécies de pimentos frescos e secos que fazem parte de quase todas as receitas salgadas deste livro.
Print Friendly and PDF

10 comentários:

Karla disse...

Que giro, vi alguns desses nas prateleiras...
é uma excelente forma de juntar 2 paixões...=)
beijinhos

Filipa disse...

Mónica, também gosto muito de livros de cozinha e por vezes até evito de ir às papelarias só porque sei que não sou capaz de sair de lá de mãos a abanar... É mais forte do que eu, tenho que comprar algum livro de culinária!
Também gosto particularmente daqueles que têm histórias para contar aliadas às receitas. Dos livros que mencionaste, curiosmente já estive com alguns na mão para comprar mas ainda não comprei. Acho que vou ter que voltar à papelaria :)

beijinhos

pipoka disse...

Já percebi que partilhamos várias paixões, a cozinha, os livros e agora a Frida Khalo.

Desde 1992 que eu sou fixada nela (na Expo de Sevilha havia uma exposição de arte latino-americana e numa das salas vi, pela primeira vez, quadros dela). Esse livro foi, no entanto, uma surpresa (não conhecia).

Quanto à cozinha mexicana, outra das minhas paixões, concordo contigo...é impossível encontrar cá em Portugal aquela variedade de pimentos. Pelo que, acabei por desistir de comprar livros de culinária mexicana.

bjs

ameixa seca disse...

Sou uma grande fã de Frida!!! Mais que uma grande artista, foi uma grande mulher!
Tal como a Pipoka, também desconhecia o livro. Tenho um correspondente mexicano que me envia revistas de culinária mexicana regularmente e, com muita pena minha, não consigo reproduzi-las por causa desse problema dos ingredientes.
É possível comprar em alguma livraria ou só através da amazon?

monica disse...

Pipoka,
a Frida kahlo desde a minha adolescência que me fascina, espero um dia poder ir ao México visitar a casa azul. Infelizmente perdi a oportunidade de ir á expo de Sevilha com muita pena minha.
Bjs

Ameixa seca,

Este foi comprado na Amazon. Há uns anos atrás não se arranjava cá este livro, pois eu cheguei a procurar e não encontrei, nem na Fnac mas agora não sei.
Bjs

Odete disse...

Monica, que bonito este post. Sou tambem fa da Frida e da comida mexicana.
E por livros - uma verdadeira rata de biblioteca - com os livros de culinaria a paixao veio antes ate de comecar a mexer com as panelas. Mas estou contigo sobre os livros que contam historias sobre comidas e costumes relacionados a ela.
Uma pena voce nao achar ai os ingredientes proprios p/ praticar culinaria mexicana. Aqui na California com uma populacao enorme de mexicanos, encontramos tudo a todo canto.

Beijinhos

laila disse...

hummm vou buscar esse livro da frida...fiquei interessadissima!!bjs

edinha disse...

Eu sou uma maluca por livros de culinária :)Dos que pôs aqui só conheço o da Grécia :)
Beijinho

Eliana Scaramal disse...

SAbe que por aqui os livros de culinárias são bem caros, eu tenho comprado um a cada mês e fico doida esperando o próximo mês para comprar outro. É realmente uma delícia!

www.saboresdalica.blogspot.com

monica disse...

Odete,
Para mim isso era o paraíso, poder ter todos esses ingredientes assim á disposição. A minha maior curiosidade são os vários chiles e o chocolate mexicano, aquele que vem em tabletes redondas e com desenhos muito bonitos, acho o máximo!
Beijinhos

UA-16306440-1