segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Intercâmbio culinário # Moqueca de peixe





Tudo começou com um email da Ameixa a perguntar se eu queria participar no Intercâmbio Culinário. Como acho esta iniciativa bastante interessante e engraçada, decidi aceitar o desafio. O passo seguinte, foi encontrar uma parceira brasileira, que também quisesse participar. A Ameixa falou-me de uma menina que também andava à procura de alguém, com quem fazer o intercâmbio, tratava-se da simpática Luciana do Rosmarino e prezzemolo, que eu na altura ainda não conhecia. Enviei uma mensagem a convidá-la a participar comigo. Ela aceitou e hoje aqui estamos, na blogosfera, ela em directo do Brasil e eu em directo de Portugal.
Das várias receitas que a Luciana me enviou, eu escolhi a Moqueca de peixe, porque é um prato bonito e colorido e porque é uma delícia.
Além das receitas trocámos também informação histórica sobre as receitas. Graças à Luciana fiquei a saber um pouco mais sobre a origem da Moqueca; aqui vai.
A moqueca é um cozido de peixe e/ou camarão com cebola, pimento e tomate, temperado com azeite de dendê e leite de coco. É um prato de origem indígena e originalmente era feito numa grelha de varas ou apenas folhas de árvores cobertas por cinzas quentes ( ao que davam o nome de moquem, daí vem o nome moqueca).
A primeira menção da moqueca num documento histórico, foi numa carta do padre português, Luís de Grã, datada de 1554, onde ele escreve que "Quando os índios se dispunham a comer carne humana, assavam-na na labareda", isto é, no moquem. Em 1584, outro padre, Fernão de Cardim, comenta que eram moqueados, peixes, batata, mangará, entre outros alimentos.
A moqueca actual não é assada mas sim refogada.
Agora vamos à minha moqueca!
Esta receita típica brasileira, é muito simples e no entanto é plena de sabor. Pelas receitas que vi, há várias formas de cozinhar a moqueca, não há uma receita igual à outra, por isso, espero que gostem desta.
Eu servi-a numa travessa de barro preto, para compensar o não a ter cozinhado numa típica panela de barro preto. Na mesa pus uma toalha com motivos do Minho, Para simbolizar o Intercâmbio, assim temos uma receita típica brasileira, servida numa mesa típica portuguesa!

Para terminar, queria agradecer à Luciana, a simpatia, disponibilidade e atenção que me dispensou. Tenho que agradecer também à Ameixa o convite, pois apesar de já ter pensado em participar em vários desafios, nunca o fiz, por comodismo e se não fosse este "empurrão" da Ameixa, provavelmente eu não teria tido esta experiência.
Obrigada às duas!







Ingredientes: 4 pessoas
4 postas de peixe (Dourada,namorado ou cavala), eu usei dourada
1 colher (sopa) de sumo de limão
Sal e pimenta a gosto
2 colheres (sopa) de azeite
4 colheres (sopa) de azeite de dendê
1 cebola cortada em rodelas
2 pimentos (1 vermelho e 1 verde) cortados em tiras
2 tomates maduros cortados em pedaços
1/2 chávena(chá) de leite de coco
3 colheres (sopa) de folhas de coentro picadas
Coentros para decorar

Preparação:

Ponha as postas numa tigela, tempere com o sumo de limão, sal e pimenta a gosto e deixe descansar por 30 minutos.

Numa panela, ponha camadas de cebola, tomate e pimento e por fim o peixe. Faça isto até acabarem os ingredientes. Tempere com sal e pimenta a gosto regue com o azeite e o azeite de dendê. Leve ao lume e quando ferver ponha no mínimo, cozinhe com o tacho tapado por 20 minutos. Junte o leite de coco e os coentros picados, cozinhe por mais 10 minutos e está pronto a servir.

Eu servi esta moqueca com arroz branco, tradicionalmente é acompanhada também de farofa.
Print Friendly and PDF

7 comentários:

Manuela © disse...

Mas que bela moquequa. Nunca provei mas fiquei rendida :)

Manuela © disse...

Errata: Moqueca (LOL)

Luciana B. - Ribeirão Preto disse...

Oi Mónica!! Nossa, ficou linda a sua moqueca, estou orgulhosa!! :) Também gostei muito de ser sua parceira, foi experiência muito legal.
Um beijo grande da amiga brasileira

Filipa disse...

Mónica, a moqueca ficou com um aspecto de dar água na boca e gostei do pormenor da toalha, sem dúvida que assim ficou mais personalizado :)

beijinhos

ameixa seca disse...

Obrigada eu Monica, por teres que me aturar enquanto tentava conseguir que entrasses neste intercâmbio ;)
Ainda bem que gostaste! Eu gostei dessa travessa de servir, do conteúdo e da toalha linda do meu Minho ;)
Está quase a ser publicado no blog do intercâmbio!
Abraço

Xana disse...

Mónica,
Estou como a Manuela, nunca provei mas a sua convenceu-me :)
bjinhus

Eliana Scaramal disse...

Maravilhosa essa moqueca! Agora vendo seu post me veio a cabeça que já tem um tempinho que não faço moqueca. rs Me deixou com vontade!!


www.saboresdalica.blogspot.com

UA-16306440-1