quinta-feira, 23 de abril de 2009

Cevadinha take II



Acho que nunca vos falei da minha fase vegetariana/macrobiotica, pois não? Também não há assim muito para contar, tendo em conta que só durou umas 2 semanas, se tanto!
De teoria posso dizer que tenho bastante, pois sempre me interessei por alimentação saudável e alternativa. A prática é que foi o mais complicado! Não é que eu não gostasse desse tipo de comida, porque até gosto - só não consegui comer tofu, mas acho que a culpa foi minha por não o ter preparado da melhor maneira - O problema era deixar de lado os rojões á moda do minho e o cozido á portuguesa e todas essas coisas boas tão difíceis de esquecer!
Hoje em dia, a minha relação com a comida vegetariana é liberal e descontraída, ou seja, não há compromissos. Como de tudo e de vez em quando, faço uns pratos só com vegetais e cereais.
Durante as minhas pesquisas, encontrei na Gourmet, uma receita - muito simples - que achei ideal para usar a cevadinha. Na receita original, o cereal usado era arroz integral, mas como eu vos disse aqui, a cevadinha é um pouco parecida com esse arroz. Então decidi seguir a receita, trocando apenas o arroz pela cevadinha.
O molho de tomate, pode ser o que mais gostarem, aqui podem ver uma receita. Uma boa alternativa é também o molho de tomate cru, ou seja, tomate maduro - sem sementes - bem picadinho, temperado com azeite, sal e vinagre ou sumo de limão.
Como podem ver pela descrição da receita, ela é muito simples de preparar e é óptima como refeição rápida, sendo ao mesmo tempo saudável e quanto a mim bastante saborosa!
Receita adaptada da Gourmet
Ingredientes: 1 pessoa
Cevadinha cozida - + ou - 5 colh. de sopa
1/2 cebola picada
Uma colher de sobremesa de azeite
1 colher de café de cominhos em pó
Pimenta preta
Sal
1 ovo
Molho de tomate ( cru ou cozinhado)
Folhas de coentros
Sumo de lima ou limão

Ovo caseiro, a cor da gema diz tudo!


Preparação:
Levar o azeite ao lume numa sertã e quando estiver quente, fritar nele a cebola, até ficar translucida.
Junte a cevadinha cozida e mexa até se evaporar qualquer vestígio de líquido de cozedura que possa ainda ter.
Polvilhe com um pouco de sal grosso e os cominhos, mexa bem.
Ponha a cevadinha numa taça ou num prato.
Estrele o ovo e coloque-o em cima da cevadinha.
Polvilhe com pimenta preta e esprema um gomo de lima ou limão por cima da cevadinha.
Sirva com o molho de tomate e as folhas de coentros.


Print Friendly and PDF

6 comentários:

Mary disse...

Mónica, ando para comprar a cevadinha há algum tempo, porque me falaram numa sopa nutrítiva com ela, mas nunca a vi à venda...
Vou levar esta tua receita, quero testar, adoro refeições ligeiras e fiquei aguada com este prato! hehehe:)
Como tu, sou uma "veggie" liberal, embora já não consiga comer carne vermelha(desabituei-me e agora repudiu-a), mas tenho que a cozinhar, porque o resto da malta, cá em casa, não vive sem carnucha...

Carol disse...

Vc não acredita que achei que ovo era uma quenele de sorvete antes de ler!!!! Delícia. Beijão

ameixa seca disse...

Estás tu que nem eu, adoro comida vegetariana (por acaso, gosto mesmo muito) mas, de quando em quando, uns rojõezinhos... uiii :)
Cevadinha nunca provei mas um dia experimento!

Avental da Micas disse...

Adorei a ideia de introduzir a cevada novamente numa receita! Lá em casa, tb tivemos um surto vegan, mas durou pouco... enqto se fazia cuscus e algas para uns, os outros preferiam massa com chouriço! Mas guardo saudades dessa alimentação. Estou mesmo tentada em experimentar a cevada...

menoscaloriasmaisvida disse...

Nunca comi cevadinha, mas fiquei com vontade de experimentar. :D
Um abraço.
Susana.

Mary disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
UA-16306440-1