terça-feira, 6 de abril de 2010

Granizado ou sorvete de flor de sabugueiro




A Páscoa trouxe o sol e finalmente já se sentem os perfumes da Primavera...
O cabrito foi cozinhado à moda de Monção, com batatas e com o respectivo arroz de forno mas não tirei fotos. Com a casa cheia e a cozinha em estado de sítio, é complicado pensar, em planos e fundos fotográficos!
No entanto, como não cozinhei o cabrito todo, tudo leva a crer que vai haver um segundo take deste assado no próximo fim de semana e aí sim, com direito a fotos e receita escrita.
Mas estes últimos dias não foram feitos apenas de pão de ló, amêndoas e cabrito assado!
Com o sol a brilhar lá fora, cresceu a vontade de sair e de procurar paisagens verdes e tranquilas e assim decidimos ir ao  Buçaco, visitar a mata, passando pelo luso e pela Mealhada.
Pelo caminho, campos e campos, cobertos de flores silvestres e ervas aromáticas e a primavera presente em cada lufada de ar fresco.
Camomila, ervilhas de cheiro,  endro, hortelã e nos sabugueiros as primeiras flores com o seu cheiro característico, com as quais se faz este granizado (que também pode ser sorvete) delicioso que lembra o sabor das lichias.
A receita original é da Anna Del Conte e a única adaptação que fiz foi reduzir um pouco ao açúcar.
E porque nem só de cozinha vive a mulher e o homem, ficam também aqui as características medicinais do  sabugueiro que é usado em medicina natural, para tratar inflamações, tosses, constipações e artrite.
 Dele aproveitam-se as flores e as bagas escuras ( sementes ) que são muito ricas em vitamina C.
As flores usam-se para fazer doces, gelatinas e gelados mas também infusões*.
Aproveitem um passeio ao campo para apanhar estas flores que se veêm com bastante frequência nas beiras da estrada e que nascem livremente em muitas hortas por esse Portugal fora.

*Infusão: Ferver água durante 5 minutos. Pôr a flor num bule e verter a água a ferver em cima. Tapar o bule e deixar em infusão por 5 a 10 minutos.





Ingredientes:
4 flores grandes de sabugueiro, como a que se vê na foto de cima
2 limões médios
200 gr. de açúcar
850 ml. de água

Preparação:
*Num tacho ponha a água, uma casca de limão ( só a parte amarela, a branca è muito amarga ), as flores de sabugueiro previamente lavadas e o açúcar.
*Deixe levantar fervura e mexa para dissolver o açúcar.
*Ferva 5 minutos e tire o tacho do lume.
*Junte o sumo dos limões e mexa, deixe assim até arrefecer completamente.
*Leve ao congelador até ficar firme.
*Para servir, tire do frio um pouco antes de comer e com a ajuda de um garfo desfaça um pouco o granizado para servir.
*Para fazer sorvete, ponha o xarope na máquina de fazer gelados e siga as instruções.
*Se não tiver máquina ponha numa caixa de plástico, leve ao congelador e passado 1 hora mexa bem com um garfo para quebrar os cristais.
*Congele até ficar firme.
*Tire do congelador e coloque no frigorífico um pouco antes de servir. Print Friendly and PDF

9 comentários:

Babette disse...

Que bela reportagem e que belos passeios houve por esses lados!...
o sorvete está apetitoso!...
Era bom se o sol agora ficasse de vez...
babette

»¤Þ䵣䤫 disse...

Que lindo Monica! Nunca tinha visto, adorei conhecer! Bjinhos

João Mario disse...

Que delícia, Mônica, bem refrescante e diferente. Adoraria saborear.
Um abraço
João Mario

Fla disse...

Nossa que interessante, também não conhecia.
Muito legal conhecer coisas novas através da net.
Beijos

Élia disse...

Olá!
Adorei o blog fotos e textos lindos, isto sem contar com as receitas maravilhosas!

tornei-me seguidora, agora não perco as novidades.

jinhos

Pilar - Lechuza disse...

Fixeches un sorvete sinxelo pero moi apetitoso. O sabugueiro no é doado de atopar en Galicia pero vouno a intentar.
biquiños

Anita Catita disse...

Oh adoro toda essa zona, é tudo tão lindo:)
Desconhecia essa utilização para a flor de sabugueiro, deve ser delicioso:)

Beijinhos

Sónia Meirinho disse...

optimo para os dias quentes que finalmente parece que estao a chegar aos poucos!!!! beijo

Bombom disse...

Os teus passeios pela Natureza, fazem-me recuar aos dias felizes em que passeávamos com os filhos quando eram pequenos!!!Essa zona do Luso e Buçaco é muito bela e tem muita História para contar. Quanto ao gelado, foi para mim uma surpresa. Não sabia que se podia fazer gelados de Flor de Sabugueiro! Como não tenho máquina nunca fiz, mas da maneira que explicas, apetece-me ir já experimentar! Só tenho de curar esta constipação que me apanhou desprevenida...Bjs. Bombom

UA-16306440-1