segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Coisas de cozinha

Não sou rapariga para andar a sonhar com descapotáveis e cabelos ao vento e os diamantes não são definitivamente os meus melhores amigos, até porque o cachet de bloguer??? e de cozinheira profissional ainda não chega para os comprar. E além do mais quem é que precisa de um diamante quando já tem um forno convector? Faz muito mais jeito o forno, certo?...
Eu é mais uma quintinha, com horta, jardim e pomar, coisa pouca como podem ver e muito terra a terra! Entretanto e enquanto esta pequenina questão imobiliária não se resolve, vou-me virando para coisas mais práticas mas de extrema importância, como marcas de tachos e louças que sejam funcionais, coloridas e bonitas, sim porque se é para olhar para elas todos os dias (ou quase) então a beleza conta! É que isto de comer com os olhos não se aplica só à comida propriamente dita!
Depois de ter recebido vários emails vossos a perguntarem quais as marcas das louças que uso nas fotografias, hoje finalmente vou pegar no assunto. Preparados?
Então aqui vai...
Molde, Gant, Julishka, Vista Alegre e Bordallo Pinheiro, este é o quinteto maravilha que me enche as medidas e as prateleiras dos armários cá de casa. Cá de casa, leram bem porque os da cozinha, por si só, não chegam para as encomendas. É claro que tenho outras marcas mas essas são oferecidas por familiares e amigos. As que eu compro são as de cima, louças todas elas fabricadas em Portugal, porque o que é português é bom e eu gosto! As marcas Gant e Julishka não são nacionais mas as louças saem de fábricas portuguesas, portanto fica tudo em família.




E agora os tachos...
Do departamento dos tachos não há queixas a registar, apesar de que tal como as carteiras e as botas, para mim nunca são demais, mas falta-me chegar ao topo e no topo estão...os Le creuset! Não são portugueses e também não são dos mais práticos, já que têm um peso considerável, mas são os melhores, lindos, xpto, os Lamborghinis de qualquer trem de cozinha que se preze e com uma vantagem! É que não poluem!
Cozinham os alimentos que é uma maravilha e até ficam bem em cima do fogão. Só têm um senão, é que são caros,  muito caros.
E enquanto uma destas máquinas não "estaciona" na minha cozinha, vou-me vingando com  imagens como esta... É que só me falta mesmo escolher a cor.... e ...perder o amor a uns quantos euritos$$$.



Print Friendly and PDF

8 comentários:

Carla disse...

mónica,
Parabéns pelo bom gosto. Eu amo as louças Bordalo Pinheiro e não tenho nem um 1 pratinho. Parece impossível. No Natal passado andei a namorar os pratos de servir, mas a azáfama de fim de ano habitual no trabalho não me deixou tempo para quase nada, mas este ano não vou deixar passar!
Beijinhos

Paulinha disse...

Gosto imenso das loiças Bordallo Pinheiro e tenho já um prato de pé alto a caminho da minha cozinha :)

Babette disse...

Já sabes que partilho do teu gosto pela "nossa" bordalo pinheiro. E pelas outras coisas que referiste...
Um dia que mude de casa não quero um closet mas sim uma cozinha com espaço para tudo!....
Beijos e parabéns pelo bom gosto de tudo quanto aqui passa!
PS. Já que o aniversário do blog foi recente, e que elogiaste tanto o joão, podias aproveitar para pedir uma le creuset...
babette

são33 disse...

POIS EU NÃO TENHO DESSES PRATOS LINDOS MAS NÃO ME IMPORTAVA NADA DE TER, SÃO LINDOS.

SML disse...

Os pais do meu L. (namorado) vivem nas Caldas da Rainha. Já consegue imaginar o que faço quando chego à cidade a horas de apanhar a loja da fábrica aberta, não? Há coisas mesmo irresistíveis e belíssimas.
As Le Creuset são igualmente lindíssimas mas nunca me quis dar ao trabalho de verificar preços. Nem sei se se vendem em Portugal e, para bem da minha conta bancária, é melhor "continuar na ignorância"... ;-)
Sandra

vinho um ritmo de vida disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Andreia disse...

Adorei ler este post de hoje. Em termos de gosto divido a 100% as tuas escolhas :) sou uma bordaliana assumida, adoro as cores e as conjugações da Natureza.
Quanto ao Ferrari (LE CREUSET), sou uma sou uma sortuda, porque o meu fantástico marido ofereceu-me uma no meu aniversário (laranjinha). Não consigo deixar de admirar aquela beleza. De facto em termos de peso ufa... mas em termos de preparação de alimentos não há melhor, recomendo!

Beijinhos,
Andreia

Guidinha disse...

Lindas, lindas...
Pus-me até a pensar... Hummm, o que terá a minha mãe feito àquela terrina e prato em forma de couve que quando eu era pequena tanto detestava e agora penso "eras mesmo tóto" :)

visitem também o meu blog:
ocantinhodaguidinha.blogspot.com

UA-16306440-1