terça-feira, 26 de abril de 2011

Cabrito em marinada de vinho e especiarias





Acabaram-se as renovações (até que enfim!). A casa ganhou outra "cara", mesmo a tempo da Páscoa...
Apesar da chuva e trovoada dos últimos dias, é impossível olhar para o jardim e ignorar que esta é uma época de luz, renascimento e renovação. Lá fora, tudo que é verde cresce a uma velocidade quase supersónica, ervas daninhas incluídas. E os pardais e os melros, de tanto comerem, cada vez se parecem mais com pompons voadores cobertos de penas...E a celebração da Páscoa é o lembrar mais uma vez que tudo se renova, que a vida é feita de ciclos e que o fim de um é o começo de outro. Com esse novo começo renasce também a esperança e o entusiasmo por tudo o que ainda está para vir...
Já na mesa, o cabrito e o borrego fazem sempre parte da festa. Este ano tentei recriar a receita que a minha avó Tina fazia. Bem, para dizer a verdade não sei se se pode chamar de "receita", já que ela cozinhava quase tudo a olho, mas daquilo que me lembro de a ver fazer, esta é a versão mais aproximada à qual juntei a pimenta preta (a minha avó usava branca), o bacon e o anis. Esta marinada é rica e aromática e deixa a carne macia e suculenta e isso deve-se em grande parte ao vinho verde branco. A minha experiência diz-me que nas marinadas, o vinho verde amacia muito mais a carne porque é bem mais ácido e é essa acidez que torna a carne macia e tenra depois de assar. O cabrito cozinhado assim fica suculento e muito saboroso e as batatinhas assadas no molho da marinada ficam deliciosas.
Para acompanhar fiz este arroz aqui.












Ingredientes: 4 pessoas
3 kg. de cabrito
3 cebolas médias
Batatinhas novas
Sal grosso e pimenta preta a gosto
2 colheres de sopa de colorau
Para a marinada:
1 garrafa de vinho verde branco
3 folhas de louro
5 cravinhos
2 estrelas de anis
2 colheres de chá de noz moscada ralada
6 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de colorau (pimentão doce)
1 colher de chá de malagueta seca (em flocos ou em pó)
1 ramo de salsa
1 colher de chá de pimenta preta
1,1/2 de sal grosso mais um pouco para polvilhar
Bacon
Banha de porco
Azeite









Preparação:
*Pré-aquecer o forno a 220º, marca 7 do fogão a gás.
*No dia anterior, juntam-se todos os ingredientes para a marinada numa taça e depois cobre-se o cabrito com ela. A carne deve ficar assim durante a noite.
*No dia seguinte, cobre-se o fundo de uma assadeira com as cebolas cortadas às rodelas, põe-se o cabrito em cima e rega-se com a marinada. Como o sal fica diluído na marinada, convém polvilhar a carne com mais um pouco de sal, mas não muito.
*Fazem-se cortes na carne e dentro deles, põem-se pedacinhos de bacon.
*Espalham-se pequenos pedaços de banha pela carne e rega-se com um pouco de azeite.
*Vai ao forno a assar e passados 30 minutos juntam-se as batatinhas que se temperam com sal e pimenta preta a gosto e se polvilham com o colorau.
*Diminuir a temperatura do forno para os 200º, marca 6 do fogão a gás.
*Por esta altura já o cabrito começou a ganhar cor e é altura de o virar para que aloure por igual.
*Vai-se virando a carne sempre que necessário para que aloure e cozinhe por igual.
*Vai-se regando a carne e as batatas com o molho da assadura.
*Assa por mais 1 hora e 30 minutos, ou até a carne ficar tenra, o que se vê facilmente espetando uma faca ou um garfo. Print Friendly and PDF

12 comentários:

Marmita disse...

Que beleza de imagens! estão mesmo perfeitas! boa receita! beijos

Célia disse...

Que delicia de post, de receita, as memórias que dela vêm, adorei.
As fotos estão dignas de um livro de culinária.
Sei que este blog já deu origem ao restaurante com o mesmo nome, e infelizmente não deu certo, mas da maneira como escreve e as fotos que acompanham o post, são dignas de um livro. Pense nisso. Quando se fecha uma porta pode abrir-se uma janela.
Beijinhos e espero que tenha sido uma boa Páscoa.
Beijinhos

Vânia Costa disse...

Ficou delicioso o Cabrito! Com uma marinada diferente, mas ao mesmo tempo é tão caseiro e tradicional! :) E sempre tão cheia de histórias e memórias!

Espero que a Páscoa tenha sido boa!

Beijinho grande*

Felismina disse...

Seu cabritinho ficou com um aspeto delicioso...

bjos

A Paixão da Isa disse...

mamamia mas que bom e que cores é mesmo o cabrito de pascoa gostei muito beijinhos

Conceição Pimentel e Elizabete Pimentel disse...

tem um aspecto muito regional e típico

parabens

conceição pimentel

http://pimentinhasnacozinha.blogspot.com/

Stefânia Barreto disse...

Inspirador! Essa foi a primeira palavra que pensei quando vi o seu blog, lindo mesmo!

Parabéns pelo trabalho Mônica e obrigada por compartilhar conosco.

Abraços do Brasil,
Stefânia

Stefânia Barreto disse...

Esqueci de mencionar, mas acrescentei um link para seu blog no meu site, ok?

Espero que não se importe.

Abraços,
Stefânia

familia antunes disse...

Uma marinada diferente mas com um cheiro delicioso....
Uma excelente sugestão...
Obrigado por partilhares...
Beijinhos nossos...

monica Pinto disse...

Olá Marmita,

Muito obrigada pelo comentário e pela visita. Fico muito contente de saber que gostaste desta postagem, desde as imagens à receita.
Beijinhos

Olá Célia,

É muito bom saber que aprecias o que faço aqui no blog. Quanto ao livro, quem sabe? Tens toda a razão quando dizes que quando se fecha uma porta, abre-se uma janela. O futuro o dirá.:)
Obrigada pela visita e pelo comentário inspirador.
Beijinhos

Olá Vânia,

É verdade, este cabrito não deixa de ser muito tradicional e nestas alturas eu gosto que seja assim. E como a minha avó cozinhava de uma forma tradicional, não quis fugir muito às recordações que tenho do cabrito que ela fazia. E comida com memórias é ainda melhor, não é?
Obrigada pela visita e pelo comentário atencioso.
Um beijinho grande para ti também

Olá Felismina,

Obrigada pela visita e pelo comentário.
Beijinhos

Olá Isa,

Obrigada pela visita e pelo comentário. Que bom que gostaste da receita.
Beijinhos

Olá Conceiçaõ e Elizabete,

Obrigada pela visita e pelo comentário.
Beijinhos

Olá Stefânia,

Eu é que agradeço, pelo simpático comentário e pela visita.
Beijinhos

Olá Família Antunes,

Que bom que gostaram e obrigada pela visita. Espero que tudo esteja bem convosco.
Beijinhos nossos para vocês.

saborcomletras disse...

Suas fotos são maravilhosas, traz um olhar bem cuidado à comida. Parabéns pelo espaço e sabores.

moranguita disse...

hum monica as fotos mostram o quanto suculenta ficou carne
que fome:-)

UA-16306440-1