quarta-feira, 14 de março de 2012

Coelho no tacho com poejos # Pennyroyal rabbit pot





Acho que com tanto sol fora de época, estou a atravessar uma fase de negação em relação à Primavera. Ela praticamente já está aqui, eu sei. Os perfumes que se misturam no jardim, lembram-me isso a cada instante. Mas o meu cérebro que passou todos os meus anos de vida, a assistir a Invernos frios e "bem regados", ainda não assimilou esta alteração no curso natural das coisas. Eu sei que os Srs. especialistas até dizem que é normal e tudo mais, mas daí a convencerem-me vai uma certa distância.

Dito isto, tenho a declarar que ainda estou em pleno  modo de Inverno. Ainda olho para a lenha com ar saudosista, tipo: "Foi bom enquanto durou...(suspiro)...mas porque é que já cabou?!". E pelo sim pelo não, mantenho o cesto da lenha bem abastecido, não vai isto ser apenas um devaneio do S. Pedro, que como se sabe, é muito dado à brincadeira.

Por muito que eu goste da Primavera, e é verdade que gosto, este Inverno soube-me a pouco. E é por isso que ainda quero estufados e assados. E é também por isso que apesar do sol brilhar lá fora, eu ainda quero sentir o calor da cozinha. Dentro de um tacho, onde lentamente se apura um coelho com poejos. No estalar suave das batatas e das cenouras a assar. No refogar, no borbulhar, no crepitar. Ruídos que confortam e aquecem, tal qual como se o inverno ainda estivesse aqui.

In english 
I think that with so much sun out of season, I´m going through a fase of denial regarding spring. She´s almost here, I know. The perfumes mingling in the garden, remind me of that all the time. But my brain spent all my years of life, watching cold and rainy winters, and has not yet assimilated this change in the natural course of things. I know experts say it´s only normal. But that´s not enough to convince me.

That being said, i have to declare that I´m still in full winter mode. I still look to the pille of wood with a nostalgic feeling, like: "It was good while it lasted...(sigh)...but why is it already over?!". And just in case, i keep the wood basket well stocked, in case this is just another reverie of St. Peter, who, as we know, he´s very much into playing tricks.

As much as i love spring, and i do, this year I haven´t had enough of winter. I miss it. And that´s why i still want stews, roasts and such. And is also why, despite the sun shining outside, i still want to feel the warmth of the kitchen. In a pot, where slowly a pennyroyal rabbit is cooking. In the soft popping of potatoes and carrots roasting. In the frying, the bubbling, the crackling. Sounds that bring me comfort and warmth. Just as if winter was still here.









Coelho no tacho com poejos

Este coelho cozinha-se na Beira interior. A marinada tipicamente portuguesa, é aromatizada com o perfume marcante dos poejos que crescem sem grandes cuidados na horta cá de casa.
Eu prefiro servi-lo com batatas novas e cenouras assadas mas pode ser acompanhado com arroz branco.

Ingredientes:
1 coelho partido em pedaços
3 dentes de alho ralados
7 dl de vinho branco
1 ramo de salsa picada grosseiramente
1 ramo de poejos picados grosseiramente
Pimenta preta a gosto
Sal a gosto
1 cebola grande
3 colheres de sopa de azeite
1, 1/2 colher de sopa de maizena (amido de milho)

Para as batatas:
1 kg de batatinhas novas, golpeadas
4 cenouras pequenas e descascadas
sal a gosto
Pimenta preta a gosto
1 cebola grande cortada em rodelas
Azeite para cobrir o fundo da assadeira

Preparação:
*Junte os alhos, o vinho, as ervas, sal e pimenta numa taça.
*Coloque o coelho noutra taça e cubra-o com a marinada. Guarde no frio e deixe assim durante a noite.
*Refogue a cebola no azeite até começar a ganhar cor e junte o coelho.
*Deixe fritar um pouco de ambos os lados, junte a marinada e assim que levantar fervura, tape o tacho e deixe cozinhar em lume lento.
*Prove a calda para ver se precisa de mais sal e deixe estufar até a carne ficar tenra, o que demora cerca de 1h30 a 2 h, dependendo do tamanho e qualidade da carne.
*Misture a maizena com um pouco  de água , mexa para dissolver e junte ao tacho. Mexa até o molho engrossar.

Batatas:
*Pré-aqueça o forno a 200º, marca 6 do fogão a gás.
*Numa assadeira, coloque a cebola cortada em rodelas. Cubra com as batatas e com as cenouras, tempere com sal e pimenta a gosto e regue com o azeite. Leve ao forno por aproximadamente 1 hora ou até ficarem tenras (os fornos variam).


Pennyroyal rabbit pot


This rabbit recipe is from the portuguese Beira interior. The typical portuguese marinade is aromatized by the pungent flavor of pennyroyal, that grows without great care in my kitchen garden.
I prefer to serve it with roasted potatoes and carrots, but it can also be served with white rice.

Ingredients:
1 rabbit cut into pieces
3 garlic cloves, minced
7 dl good white wine
1 big onion, sliced
1 bunch of parsley roughly chopped
1 bunch of pennyroyal roughly chopped
3 tbs olive oil
Salt to taste
Black pepper to taste
1, 1/2 tbs corn starch

For the roasted vegetables:
1 kg new potatoes washed and cuted half way through
4 small carrots
1 big onion cut into large slices
Olive oil to cover the bottom of the roasting pan
Salt to taste
Black pepper to taste

Preparation:
*In a bowl combine the garlic, wine, herbs, salt and pepper.
*Put the rabbit in another bowl and cover it with the marinade. Leave in the fridge over  night.
*Heat the olive oil in a heavy bottomed pan and add the onion. Cook until slightly golden and add the drained rabbit (but keep the marinade).
*Cook the rabbit both sides with the onion, until slighly browned and pour the marinade over it. Let it come to a boil, cover with a lid and cook until tender.
*Cooking time depends on the quality of the meat and the age of the rabbit. It can take from 1h30 to 2h, depending on the size of the rabbit. Check with a fork to see if it´s tender.
*After 15 minutes check  the seasonings and add more salt if needed.
*Dissolve the corn starch in a bit of water and add to the pot. Let it come to a boil and mix until the sauce thickens a bit.

The potatoes:
*Preheat the oven at 200º, gas mark 6.
*Cover the bottom of a roasting pan with the onion, put the potatoes and carrots on top and pour some olive oil, so that the bottom of the pan is totally filled.
*Season with salt and pepper and roast for 1 hour aproximatly, until  tender and golden.



Print Friendly and PDF

10 comentários:

Ondina Maria disse...

Curiosamente, o nosso cesto de lenha que habita ao lado da lareira também continua bem abastecido, não vá o tempo mudar. Mas tanto quanto sei este calor anormal para a época está justificado pela passagem muito próxima de uma nuvem de radiação, de modo a Terra está um pouco mais quentinha que o habitual. Ainda assim, também não me convencem :p

Um coelho sabe sempre bem, pelo menos para mim. Sou fã de arroz de coelho com cenoura e coentros, acho que é um prato perfeito. Mas um belo coelho estufado com batatas e cenouras também me conquista. Sou uma fácil :)

Pipas disse...

Então já somos 3:))
O meu cesto ainda se mantém com as pinhas e a lenha por baixo da lareira esperando ansiosamente por saltar lá para dentro. Tenho saudades de sentir o seu calor e ouvir o crepitar da madeira.

Adorei as fotos que me fizeram viajar para uma casa do campo.
Adorei todos os elementos que a compõem.

Gosto muito de coelho e adorei esta sugestão.
Obrigada:*

Su disse...

Que coelho! Que batatas! Que cenouras!!!
Uma refeição tipicamente mediterrânea e tão vibrante que nos faz queres saborear lentamente e apreciar todos os delicados sabores e texturas.
As fotos, lindas como sempre Mónica :)

Salsa Verde disse...

Uma maravilha!! As fotos, absolutamente magníficas e a receita, uma tentação. Adoro coelho e ainda hoje publiquei uma receita de coelho, mas esta refeição que nos mostras, está de comer e chorar por mais.
Beijinhos,
Lia.

Lenita disse...

Tenho cesto com pinhas, a lareira cheia de lenha... acho que terei que a levar de volta e colocar no seu lugar uma vaso com uma plantinha :)!
Coelho come-se em qualquer estação, bom até para um piquenique!
O teu tem um aspeto divino, o que não espanta ninguém, por aqui tudo é lindo!
Bjs

mariana/receitas para a felicidade disse...

Que delicia de receita com fotos fantásticas...

Diogo Marques disse...

Não sou grande fã de coelho, mas essas batatinhas assadas ficaram perfeitas!

As fotos...lindas como sempre!

Equipe Feito na Hora disse...

Linda apresentação dessa deliciosa receita


abraço
Daniel Deywes
http://feitonahora.blogspot.com

Inspiração Inesperada disse...

Não me canso de olhar para estas imagens... quanta inspiração :)

Babette disse...

E esta 6ªf, tal como a previsão de tempo para o fds, fazem lembrar que o inverno ainda não acabou. Pratos como este ainda são boa companhia (mesmo que, por muito que me custe, não coma coelho...manias!)
Babette

UA-16306440-1