segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Gelado de flor de sabugueiro # Elderflower ice-cream




A minha horta é pequena, coisa que por esta altura, já não é novidade para muitos de vocês. Pois, mas ainda assim e depois de nela ter plantado um limoeiro, uma japoneira, um loureiro, um limonete e um hipericão do Gerês, eu achei que era coisa pouca e num momento epifânico, conclui que perfeito, perfeito era mesmo ter também um sabugueiro. Agora tentem imaginar todas estas árvores e arbustos, numa horta que mais parece um mega canteiro e com aquela pujança que só o sol do Verão lhes dá. Já estão a ver o quadro? Digamos que neste momento, sempre que eu abro a porta das traseiras, por momentos sou transportada para uma qualquer floresta ibérica, tal é a exuberância que se respira no meu pequeno pedaço de terra. O que eu até gosto!

Mas de volta ao sabugueiro. Quando o plantei, foi a pensar em tudo o que poderia fazer sempre que ele estivesse em flor. Sorvetes, granizados, gelados e outras sobremesas que ainda não experimentei mas que agora estão à distância de uma ida à horta. Doces frescos e aveludados, perfumados com a essência do Verão.

Por vezes é assustador ver a rapidez com que tudo o que é verde se multiplica, em ramos, folhas e flores. Acho que se tivesse tempo para ficar meia hora parada a olhar para o meu sabugueiro, era capaz de o ver literalmente a crescer. Mas acho mais útil e muito mais compensador, passar essa mesma meia hora, se tanto , a fazer um gelado caseiro como o de hoje. O que aliás, já fiz várias vezes.

Contas feitas, sei com toda a certeza que o tempo que vou passar a poda-lo no Outono já está a ser compensado por cada taça de gelado de flor de sabugueiro que já provei e que ainda vou provar até ao último dia de sol da estação da abundância.


In english
My kitchen garden is small, but by now many of you already know that. Yes, it is small but nevertheless and after planting a lemon tree, a japonica, a bay tree, a verbena bush and a hypericum in it, I thought it wasn´t enough and after having a epiphanic moment, I came to the conclusion that, perfect, perfect was to plant in it also an elder. Now, try to imagine all these trees and bushes in a kitchen garden that looks more like a mega garden patch, and with the strength that only Summer sun gives them. Can you see the picture? Let me just say that by now, whenever I open my back door, I´m immediatly transported to some iberian forest, such is the exuberance that one breathes in my little piece of land. And I love it!

But back to the elder. When i planted it, I was thinking about  all the treats I could make whenever it was in full blossom. Sorbets, granitas, ice-creams and other desserts that I haven´t tried yet and that now, are as far from being made as a short walk to the kitchen garden. Fresh, velvety sweets, scented with the essence of Summer.

Sometimes it can be frightening to see how quickly everything green multiplies into branches, leaves and flowers. I think that, if I took the time to stand for half an hour looking at my elder, I actually would see it growing before my eyes. But I think is far more usefull to spend that amount of time making a homemade ice-cream such as this one. Which, by the way, I´ve already made several times by now.

All things considered, I know for sure that the time I´ll be spending pruning it when Fall arrives, is being compensated by every single elderflower ice-cream bowl I already ate, and those I will be eating until the last sunny day of this bounty season.







Gelado de flor de Sabugueiro


Ingredientes:
675 ml de leite meio gordo
6 gemas ( de preferência de ovos caseiros)
180 g de açúcar
1 colher de sopa de flores de sabugueiro frescas

Preparação:
*Aqueça o leite com as flores de sabugueiro até levantar fervura. Tire do lume, tape e deixe assim por 15 minutos.
*Encha uma taça com água fria e deixe-a no balcão da cozinha. Mais à frente vai perceber como a vai usar.
*Bata as gemas com o açúcar até ficar um creme fofo e volumoso.
*Coe o leite e misture-o aos poucos e batendo sempre, ao creme de gemas.
*Leve ao lume e vá mexendo, até o creme ficar bastante quente mas sem o deixar ferver, para os ovos não cozerem e ficarem grumosos. Se prestar atenção, a certa altura ao mexer o som torna-se quase oco, é sinal de que o creme está pronto a tirar do lume.
*Mergulhe o tacho com o creme na taça com a água fria e continue a bater até o creme arrefecer um pouco, para que o creme não endureça no fundo do tacho. Deixe arrefecer totalmente.
*Assim que o creme estiver frio, coloque-o na máquina de fazer gelados e siga as instruções da mesma.
*Se não tiver máquina de fazer gelados, verta o creme numa taça de plástico e ponha no congelador. *Passada uma hora, mexa o gelado muito bem com um garfo para partir os cristais e congele novamente, até ficar firme.
*Mude o gelado para o frigorífico 1 hora antes de o servir, para amolecer um pouco.



Elderflower ice-cream


Ingredients:
675 ml semi skimmed milk
6 free-range egg yolks
180 grms caster sugar
1 tbs elderflowers

Preparation:
*In a heavy bottomed pan, heat the milk with the elderflowers, until it starts to simmer. Take from the heat and leave with the lid on, for about 15 minutes.
*Fill a big bowl with cold water and keep it on top of the kitchen counter, you will need it latter.
*Beat the yolks and sugar together, until pale and fluffy.
*Strain the milk and pour it slowly over the custard, stirring all the time.
*Take to the heat and  continue stirring until the custard is very hot, but don´t let it boil or the yolks will start cooking and looking like lumps.
*You will notice that at a certain point, when the custard is very hot, the sound it makes when you stir changes and becomes hollow, it means it´s time to take it from the heat.
*Put the pan with the custard inside the bowl with cold water and continue stirring until it cools and becomes warm.
*As soon as the custard reaches room temperature, freeze it in an ice-cream machine and follow the manufacturer´s instructions.
*If you don´t have an ice-cream machine,  pour the custrad into a plastic container and freeze for 1 hour, whisk with a fork to break the crystals and freeze until set.
*Place it in the fridge 1 hour before serving, so it becomes a bit smoother and easier to serve.




Print Friendly and PDF

8 comentários:

MJ With Love disse...

Que maravilha!
Nunca pensei que se pudesse fazer gelado de flor de sabugueiro. E, bem... não é propriamente um ingrediente que se encontre ali no supermercado, o que torna o gelado ainda mais... camponês?
Não sei se alguma vez poderei experimentar, mas fiquei com vontade.
xo

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Incrível...adorei e deve ser maravilhoso! Tem uma arvore dessas ao lado da casa de minha mãe em Campos do Jordão...e com lindas flores!
Bjs e te desejo uma ótima semana!
CamomilaRosa

Ondina Maria disse...

é realmente impressionante a forma como a natureza trabalha rapido e bem. Na semana passada plantamos sementes de coentros e esta semana o vaso está todo despontado e as pequenas folhas "de leite" já têm um aroma fabuloso de coentros. Temos tido sorte com a nossa agricultura: em 5m2 de varanda, tudo o que plantamos cresce e é abundante, embora haja coisas (como os coentros) que temos que replantar de tempos a tempos. Mas claro que não posso ter uma floresta pessoal...

Nunca provei gelado de sabugueiro mas confesso que fiquei muito tentada a provar. Deve ter um sabor delicado e perfumado...

Ramona Alina disse...

Adoro a limonada de sabugueiro ( flôr, açúcar e água que fica pelo menos uma semana coberta).O gelado e uma delicia :)

Panela de Ferro disse...

Gelado de flor de sabugueiro, ora ai está uma coisa que nunca tinha ouvido falar. Parece muito interessante. Parabéns pela ideia e pelo blog sempre apresentado com fotografias fantásticas, nas quais fica totalmente perdida. Beijinhos

Mané disse...

Flor de sabugueiro... ... em gelado... parece muito interessante :)

LESAPEA MUSINGS disse...

Hello, I believe you can tell alot about a person through their blog. I am new here and I love all that I see. I am a new follower to Your blog and your Pinterest boards. Take Care while I continue to view your blog some more.

Lisa x

Anónimo disse...

Por favor, vivo no Brasil onde a flor de sabugueiro não é comum. Só recentemente tive conhecimento de que pode-se usar as flores de sabugueiro para aromatizar sobremesas e fiquei muito curioso. Pesquisando descobri que há uma essência de flor de sabugueiro, mas aqui ela só é utilizada para perfumaria e cosmetologia, não servindo para gastronomia. Você saberia me informar onde conseguir a essência ou óleo para fins gastronômicos? Muito obrigado.

UA-16306440-1